Livro: O que Eu quero SER quando Crescer?

Em comemoração ao dia Nacional do Livro Infantil, que é celebrada no dia 18 de abril, a Editora Saraiva presenteou a gente com alguns livros infantis para melhorar e ampliar nosso acervo de leitura e imaginação. Somos muitos gratos a equipe Saraiva, por nos proporcionar leituras maravilhosas... ♥ 


Porque ler faz a gente imaginar, criar, inventar, rir, aprender, enfim, a leitura nos proporciona uma infinidade de emoções, inspirações, etc.

E a nossa primeira leitura foi do livro O que Eu quero SER quando Crescer?, do autor Fred Albuquerque.


Nem preciso dizer que amei a leitura, porque um dos meus últimos textos publicado, foi justamente enfatizado sobre essa questão muito abordada na infância, sobre o que as crianças serão na vida adulta, ou melhor, dizendo quando crescer...

E abordo no meu texto (post aqui), que devemos nos preocupar em proporcionar uma infância livre para as crianças brincarem, explorarem a imaginação, cultivando a infância, a fim de contribuir para uma vida adulta mais feliz e saudável.
Acredito que se a gente oferecer tempo livre para a criança brincar, tempo juntos em família, uma infância rica em brincadeiras, estamos contribuindo para o futuro deles (delas), com relação ao profissional, ou seja, o que serão quando crescer...

Talvez você não tenha pensando no assunto, mas os valores que os filhos observam e aprendem diariamente com a vida, com os pais, amigos, professores, e tudo mais que vivem e brincam diariamente, são os ingredientes essenciais para a formação como adultos, como escolha ou caminhos de uma profissão.

Resuminho:

Eu e o Vitor amamos a leitura.
O livro aborda que devemos ter uma profissão quando crescer, e que temos várias referencias e exemplos dentro de casa, como a dos pais, dos avôs...

Não importa as nossas escolhas e direção, desde que seja com o coração, que a gente sinta prazer, emoção, seja feliz...
Podemos e devemos ganhar dinheiro, mas com honestidade, que haja equilíbrio nas coisas, nos dias, e que não nos falte inspiração, alegria, prazer, criatividade...

E que assim seja...
____________

A nossa contribuição em relação à infância e vida adulta das crianças, é diária, constante...

Nos dias atuais, o Vitor quer ser o Homem Aranha (salvar o mundo) quando crescer, e ser um construtor como o personagem do Minecraft, porque está sempre criando e inventando coisas e brinquedos aqui em casa...rs.

Quando eu era criança, eu fui: Paquita, Xuxa, Professora, Secretária, Mãe (quando brincava com minhas bonecas), Atriz, Policial...rs
Quando eu era criança eu dizia que queria ser escritora, professora e policial.

Atualmente sou escritora, porque escrevo no blog, e tenho alguns textos infantis aguardando serem publicados... rs
Já fui professora infantil (na época que fazia faculdade), e atualmente sou policial do tipo investigadora, porque investigo os sentimentos, emoções, a construção e preservação do amor e da paz entre seres humanos, no ambiente familiar e amigos (risos).

Escrevi a frase acima em um termo de brincadeira, mas o sentido é verdadeiro. Somente quando somos observadores, participantes e interessados na vida dos filhos, conseguimos ter sucesso na criação e educação deles...

Gente, super indico a leitura e amamos muito.
Quem quiser adquirir o livro para filhos (as), deixo aqui o link: http://www.saraiva.com.br/o-que-eu-quero-ser-quando-crescer-9358822.html
Beijos e até a próxima.
Ju

2 comentários:

  1. Oi Ju e Vitinho.. que delicia de leitura e ensinamento. Eu também acredito Ju que com exemplo, com as brincadeiras sozinhos, com amigos e em família, a criança consegue escolher com mais liberdade e trilhar um melhor caminho quando se tornar um adulto..
    A Criança deve criar muito na infancia, deve brincar, se divertir e ser um adulto livre para suas escolhas... E nada de ser o que os pais querem.. eles terão suas vontades próprias...
    E por enquanto.. ser apenas criança...

    Parabéns pela resenha...

    Um beijo doce meu e da Maria e uma feliz Pascoa meninos..

    Tê e Maria ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju e Vitinho!

    Eu também concordo que a infância feliz garante o sucesso do adulto.

    Gostei das profissões que você citou! E que policial precisamos ser hein, de alto gabarito!!

    Mãe precisa mesmo ser de tudo um pouco, um pouco motorista, médica, psicóloga... é lista que não acaba mais. rsrs

    Beijos carinhosos de feliz semana!

    Re e Laura

    ResponderExcluir