O que mudou nas comemorações de aniversários infantis, dos últimos séculos?

Olá pessoal, tudo bem?

Fazer esse post me trouxe muita alegria e satisfação, porque amo festa de aniversário, desde criança ficava ansiosamente esperando o dia do meu aniversário.

E muita coisa mudou e tem mudado de um tempo para cá.
Sim, as festas do final do século XX para as festas do século XXI, mudaram e muito seu estilo de se realizar e comemorar. 
O estilo e todo o contexto de como elas aconteciam mudou bastante, mas a essência não, que é ver a alegria e felicidade das crianças.

E para me ajudar a fazer essa gostosa comparação, nada melhor do que usar as fotos de suas respectivas épocas. E por isso que digo que é uma gostosa comparação, porque estou revivendo e relembrando momentos prazerosos através de fotos.

Então, vamos lá.

Aniversários de crianças do Século XX.

www.maesemfronteiras.com.br

www.maesemfronteiras.com.br

Calor humano: Nossa, como eu AMO as fotos de aniversário de infância. A gente quase que pode sentir o calor humano através do que as fotos nos revelam. O aniversariante ali, e ao seu redor todo mundo bem pertinho, coladinho, para bater palmas, cantar, sorrir. É uma disputa bem acirrada por um espaço ao lado do aniversariante. E depois de muito brincar, cantar parabéns, é hora de comer docinhos, um delicioso pedaço de bolo e tomar um copo de refrigerante de garrafa, que na minha época de criança parecia que tinha outro sabor.
Carinho de Mãe: Denominei esse item como carinho de mãe, porque as mães merecem esse título de Carinho. Pois é, cuidar da casa, das refeições, das roupas para lavar e passar, da ida e retorno da escola, e ainda ter que fazer doces, salgados e bolo, não era uma tarefa muito fácil, sem esquecer que as crianças estão sempre rodeando a mãe e sempre necessitando de olhares para não se machucarem... Ufa, tarefa nada fácil para as mães dessa época. E quanto carinho, né? Sem contar que muitas mães repetiam essa maratona 1, 2, 3, ou mais vezes por ano, conforme o número de filhos. Muito carinho dessas mães guerreiras, que faziam nossos dias de comemorações serem os melhores do ano e da vida.
Diversão: A diversão era total e garantida, porque as crianças faziam o que mais gostavam, que era correr, brincar, pular e fazer brincadeiras com todos os amigos e primos reunidos em seu dia especial. Lembro perfeitamente de um aniversário de uma amiga (a Dani), onde a gente brincou de ser e se apresentar como Paquitas (belas lembranças).
Trabalho e custo: Aqui o trabalho era total da mãe. Com o passar dos anos, as encomendas de salgados, doces e bolo começaram a aparecer, dando uma folga para as mães e famílias que podiam contratar o serviço. E o custo não era tão alto na época, comparada com as festas do século XXI.
Decoração: As decorações eram mais simples, muitas vezes baseadas em algumas bexigas na parede, um bolo com um desenho de campo de futebol para meninos e com glace rosa para as meninas, uma toalha de papel crepom colorido e pronto. A festa estava pronta para começar.
Presentes: Os presentes eram abertos na mesma hora, e a criança já sabia quem tinha dado cada um dos presentes. Porém, na minha época de criança, existia apenas uma referência de marca de brinquedos, a Estrela. Não existia outras opções e facilitação de pagamento, como existem hoje... Antigamente os brinquedos eram caros, e não tinha a variedade que se tem hoje.
Fotos: Ai as fotos, tanto a dizer...rs Fotos era uma atração à parte. Eram máquinas fotográficas, geralmente com filmes de 12 ou 24 poses, e tínhamos que torcer para que tudo desse certo, tipo: que a pessoa tivesse colocado o filme e tivesse colocado direito (para não queimar o negativo); as fotos eram assim, quadradinhas com suas pontas arredondas; tinha uma cor meio amarelada; cortava-se muitas vezes a cabeça ou os pés, ou então não tinha muito ângulo (falta de foco nas pessoas ou nas poses)... Enfim, as fotos era um sinal de sorte, se tudo desse certo, desde pose, melhores momentos, até a as revelação e apreciação.

Aniversários de crianças do Século XXI.


Calor humano: Aqui o calor humano está um pouco mais distante, como a própria foto pode mostrar. Nas festas de hoje a mesa é um espetáculo à parte, tanto quanto o aniversariante. Sim, a mesa é repleta de personagens lindos, com arcos de balões ao fundo, algumas mesas são compostas por doces que são uma verdadeira arte, e atrás da mesa ficam os pais e a criança aniversariante, e se tiver irmãos, ficam juntos também. E na frente da mesa, do outro lado, ficam os convidados olhando e admirando a beleza da mesa e da família. Tem bastante calor humano sim, na recepção dos convidados, na alegria e diversão das brincadeiras de crianças, mas são épocas diferentes e sensações bem diferentes também. É até difícil descrever em palavras, mas quem viveu sabe, como eram especiais as festas do século passado, com todos os parentes e amiguinhos ao redor da mesa...
Carinho de Mãe: Aqui já não entra mais aquele carinho feito à mão, pelas mamães, porém o carinho é expressado de outra forma, e não menos importante quanto ao século passado. Nos dias de hoje, os pais da criança recebem os convidados com muito carinho e satisfação na festa, ficam felizes pelos convidados terem comparecido, e esbanjam sorrisos de alegria, por mais uma data comemorada dos filhos. Ainda tem festas feitas e realizadas em casa, ou em salões de festas do prédio, com mamães que fazem questão de fazer o bolo e docinhos, mas é uma opção bem menos praticada, até pela falta de tempo. Hoje em dia, muitas mulheres optaram por trabalhar fora, e não tem muito tempo, ou preferem contratar os serviços, devido a praticidade ou falta de jeito na cozinha, enfim, o carinho de mãe e pai (também), são expressados de outras maneiras, com uma boa recepção, entre outras coisas...
Diversão: A diversão aqui é realizada através de brinquedos radicais, brinquedos eletrônicos, brinquedos e brincadeiras com muita diversão e sempre acompanhado e monitorado por adultos. Cada espaço oferece um tipo de brinquedo, brincadeiras e atividades diferentes, mas todos agradam as crianças de uma forma geral.
Trabalho e custo: Aqui todo o trabalho é feito e realizado pelo espaço contratado, desde decoração, alimentos e bebidas servidos, todo o desenrolar da festa é servido e conduzido pelo local da festa. O custo é bem mais alto, porém os pais conseguem através desse investimento, participar da festa como um convidado e não como o organizador da festa, podendo assim desfrutar desse momento agradável, junto com os convidados.
Decoração: O assunto decoração é uma atração à parte, como comentei logo acima, porque a decoração encanta a todos, com os personagens escolhidos pelos pais ou pela criança. 



As mesas, a mesa do bolo, a entrada do local, tudo é bem decorado e planejado com enfeites e personagens lindos. Como comentei também, tem decoração que é ainda mais detalhada, quando são encomendados doces e enfeites personalizados e caracterizados com a escolha do tema, ou seja, um espetáculo toda a decoração.
Presentes: Os presentes são entregues e nomeados logo na recepção e entrada da festa, e a criança só vai receber tudo no final, depois que a festa acabar, e abrir tudo em casa. Alguns presentes a gente consegue marcar bem quem deu, outros a gente acaba até esquecendo...
Fotos: Aqui podemos dizer que as fotos são um show à parte, para se apreciar depois da festa. Hoje com a tecnologia avançada, temos câmeras fotográficas (e não mais máquinas fotográficas) digitais, com zoom, de última geração, que deixam todos sempre lindos, devido ao acabamento que pode ser dado nas fotos (foto shop), e pelo número de fotos que podem ser tiradas, até a pose ficar boa. Hoje em dia temos 2 opções, ou contratamos um profissional para tirar as fotos da festa, ou podemos nós mesmos tirar as fotos, com uma vantagem das câmeras serem mais práticas e com um avanço incrível de tecnologia e definição. Aqui, nesse contexto, dificilmente se perdem as fotos, se comparado ao século passado. Porque sempre tem um amigo ou parente com câmera, registrando a festa também, coisa que antigamente não acontecia. Os álbuns também são lindos, uma coisa maravilhosa de se ver e recordar. Nem se compara com as fotos e álbuns de antigamente, mas cada um tem seu encanto e época.

E ai, o que acharam? Teve ou não bastante mudanças nas comemorações de aniversários infantis de um tempo para cá? Ou melhor dizendo, do final do século XX, para o século XXI?
Sim, teve bastante mudanças, mas eu particularmente sou fã das festas de aniversário da minha época de criança, por causa do calor humano, dos amigos e primos ali coladinhos ao meu lado, e pretendo um dia, fazer uma festa assim para meu filho.
Hoje em dia as pessoas aderem as festas em Buffet, devido a diversão garantida para as crianças, a praticidade, e os pais acabam aproveitando e curtindo a festa, tanto quanto as crianças.
Outro fator dominante na escolha das festas em buffets, são a falta de espaço das residências. Antes, a maioria morava em casa e tinha quintal para correr e as ruas não eram tão perigosas e violentas como hoje. Hoje uma boa parte das famílias moram em apartamento, onde tem regras de barulho, horário, não tem espaço para brincar, enfim, mesmo os apartamentos tendo salões de festas, alguns pais optam pelos Buffets Infantis.

Não importa se nos salões de festas, nos buffets ou na sala de casa ou do apartamento... O importante mesmo é comemorar os aniversários das crianças ao lado da família, amigos, vizinhos, e ter registrado para sempre, esses momentos de alegria e diversão.
E isso não mudou, seja no século passado ou nesse, a diversão e alegria de fazer aniversário, de ser criança, e de brincar muito, seja no quintal de casa, na rua ou nos brinquedos eletrônicos do buffets, essa magia e encantamento não mudou.


17 comentários:

  1. Recordei da minha infância
    era assim mesmo tudo feito a
    mão sem muitas decorações
    mais hoje as fotos ganham em disparada
    essa parte é muito boa

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Muito bem lembrado amiga...tenho algumas fotos e até um vídeo(slide) dos meus aniversários!!Era tudo muito família, nada de espetáculo né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Adorei, chega me emocionei. hehehehehe Adorei esse balanço entre as comemorações dos anos. Perfeito. E com fundo de razões. Bela postagem.
    www.rubiasolbakken.com

    ResponderExcluir
  4. Ah, meu aniversário foi sábado e estava justamento comentando isso no dia, postei uma foto de quando tinha dois anos, tipo ontem, e comparei com os aniversários de hoje!
    Hoje em dia parece que a festa em casa está voltando a moda, e acho tão gostoso cuidar dos preparativos, como minha mãe fez na minha época!
    Adorei o post, me fez relembrar inda mais as comemorações!
    Beijos,
    Camila
    www.baudemenino.com.br

    ResponderExcluir
  5. Por alto sempre soube que mudou, até porque eu já fiz 16 festas só da Ingrid, fora do meu outro filho. Mas enfim é bom ver minuciosamente como a sociedade mudou de uns tempos pra cá.
    Como disse, o importante mesmo é não deixar de comemorar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que comparação bacana você fez
    não tinha parado para vê dessa maneira
    antes era assim mesmo sem muita decoração e tudo feito dos familiares
    hoje tem aluguel de espaço e se paga até pela decoração
    amei a postagem ficou maravilhosa

    Linda Semana!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
  7. Eu adorava as festinhas em casa, lembro até hoje uma com o tema do mickey que minha mãe fez para mim, e meu primo desenhou no isopor os personagens para montar a decoração da mesa, e uma outra que o tema era floresta e tinha um painel com árvore, bruxa, super legal
    os 5 primeiros anos do Gui eu fiz em buffet, e olha bato palmas para as mães de antigamente pois eu mesma sem trabalhar não tenho pique para fazer as festas em casa rs, no buffet é como vc disse podemos curtir essa data especial com eles

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amiga... vendo a sua festa lembrei da minha quando criança... realmente era mais caloroso todos assim juntinhos...
    E como mudou... hoje parece mais status... quem fez mais lembrancinhas... na nossa época nem tinha essas coisas kkkkk
    Aqui ainda não fiz festa em buffet para o Joseph, claro que tenho vontade, mas cara por demais!!! Então, comemoramos na sala... e todos pertinho... esse ano serão apenas meus irmãos e os irmãos do marido... só aí já temos 21 pessoas... imagina se eu fizer num salão... quantas seriam??? Muita gente e Joseph é todo desconfiado kkk
    Amei relembrar e ficar pensando sabe,,, o que mais importa na festa... os sorrisos e um bolo, pronto tá bom!!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Ficou ótima a comparação e vou ser sincera prefiro as festinhas de antigamente, pois hoje pelo menos aqui na minha cidade as mamães fazem festas lindas não para agradar as crianças e sim para competir umas com as outras hehe, a única vantagem que eu vejo das festas de hoje é que as mamães se divertem mais.
    Parabéns pelo post, beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa mudou muita coisa mesmo rsrsrs
    bjcas
    http://www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  11. Gente mudou demais né, antigamente nossa mãe fazia em casa mesmo, fazia tudo, as coisinhas enfeites, bolo, salgadinho..hoje em dia é tudo personalizado, tudo lindo! e essas garrafas de refri? gente kkkkk que legal

    ResponderExcluir
  12. Fico admirada de como as coisas podem mudar consideravelmente de uma hora para outra.
    Ótimo post!
    Grande beijo
    http://www.amaedadri.com/

    ResponderExcluir
  13. Adorei esse texto também! Todo o conteúdo. Mas sabe o que me chamou mais atenção??? Foram os deliciosos refrigerantes de garrafa de vidro! Nossa!!! Como eram deliciosos!!! kkkkkkkkkkk

    Beijos!

    * Ah, senti falta de uma coisinha em seu blog. O quadrinho de 'Pesquisa'. Porque tenho uma blog sobre ser mãe solteira, mas não escrevo mais. Agora eu e uma amiga estamos planejando um blog que ajude também mães que criam seus filhos sozinhas, mas sem esse rótulo de MAE SOLTEIRA, pois como você disse em outro post, os rótulos são pra coisas e embalagens e não para pessoas. Aí cheguei até aqui por causa da palavra 'RÓTULO'. Depois queria procurar se tinha algum texto sobre mãe solteira, mas não tem o quadrinho de pesquisar... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nívia, tudo bem.
      Obrigada de coração, pelo seu recadinho e comentário aqui no blog.
      O blog passou e está passando por ma repaginagem, e agora tem o campo de pesquisa. :)
      Por favor, quando voltar aqui no blog, deixe sua página do face e o endereço do seu blog, que também quero curtir sua página, seguir seu blog, assinar sua página... ;)
      Bjs
      Ju

      Excluir
  14. Adorei esse texto também! Todo o conteúdo. Mas sabe o que me chamou mais atenção??? Foram os deliciosos refrigerantes de garrafa de vidro! Nossa!!! Como eram deliciosos!!! kkkkkkkkkkk

    Beijos!

    * Ah, senti falta de uma coisinha em seu blog. O quadrinho de 'Pesquisa'. Porque tenho uma blog sobre ser mãe solteira, mas não escrevo mais. Agora eu e uma amiga estamos planejando um blog que ajude também mães que criam seus filhos sozinhas, mas sem esse rótulo de MAE SOLTEIRA, pois como você disse em outro post, os rótulos são pra coisas e embalagens e não para pessoas. Aí cheguei até aqui por causa da palavra 'RÓTULO'. Depois queria procurar se tinha algum texto sobre mãe solteira, mas não tem o quadrinho de pesquisar... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nívia, obrigada pelo comentário...
      Verdade, os refrigerantes de garrafas de vidro, parecem que tinham um gosto diferente...
      Não sei se porque naquela época, as crianças tomavam pouco, em geral, quando tinham aniversários, mas dá uma saudade daquela época...rs
      Coloquei a busca e pesquisa aqui no blog, e por favor, depois me envia o endereço do seu blog, porque quero te acompanhar...
      Obrigada pela leitura do post sobre Rótulos serem para embalagens e não para crianças...
      Bjs
      Ju

      Excluir
  15. Amei Ju! A mudança é grande mas o amor é o mesmo, gostei do seu trabalho bem explicadinho, saudades mas recordar é um prazer bj linda.

    ResponderExcluir