Perseverança no Casamento.


Eu tenho um tema aqui no blog chamado “Vida Conjugal”, e fazia tempo que não trazia nada sobre esse assunto. E como hoje completo 10 anos de casada (bodas de estanho ou zinco), escrevi um pouco sobre o assunto...

Aquela frase “os opostos se atraem” eu não concordo muito, porque a vida é uma longa jornada, e caminhar juntos, ter o mínimo de objetivos, projetos e pensamentos de vida, torna os dias mais leves.

A felicidade é um modo de viver e não um objetivo de vida. A felicidade está na caminhada, e não em um ponto de chegada.

Tudo na vida exige entrega, dedicação e prioridades, e como a família é um tesouro inestimável, eu escolhi abdicar alguns títulos para ser o porto seguro da minha família.

Lar pleno sinônimo de vida plena, porque onde existe muita discórdia, brigas, muito ego, muito eu e nunca nós, o relacionamento vai desgastando. 

O segredo de tudo na vida está na persistência, na paciência, no respeito às diferenças, no esforço e dedicação por dias melhores, uma construção diária dessa harmonia.
Não tem perfeição, mas deve ter oração, parceria, humildade, reconhecimento do ser, dos erros e falhas, e união.

Cada pessoa veio de uma casa, com costumes e educação diferente da outra, por isso quando se juntam é necessário compreensão as diferenças, diálogo e por vezes aceitação, porque a gente não muda as pessoas, mas podemos mudar a nós mesmas, a fim de traças estratégias do bom convívio diário.

Segredos para as mulheres.
- A mulher sábia edifica sua casa, mas a tola derruba com suas próprias mãos. (Provérbios 14.1)
Baseado nessa frase de Deus, busque edificar sua casa, esposo, filhos, caminhos, com palavras de sabedoria e que edifica, e não destrói e menospreza, “porque a boca fala do que o coração está cheio”. (Mateus 12.34)

- Esposa, cuide de falar palavras brandas, construtivas, que não pesa e afasta, porque a palavra de Deus também diz: “melhor é viver no deserto do que com uma mulher rixosa e iracunda". (Provérbios 21:19)
Mas o que significa ser rixosa e iracunda?
A palavra rixosa significa briguenta e barulhenta e a palavra iracunda significa uma pessoa propensa a ira, brigas.

- Conviver com pessoas moralistas, donas da verdade, cheias de discurso, sempre mau humorada, superiores e que frequentemente estão rebaixando e humilhando o companheiro e os filhos, realmente é algo desgastante.
A humildade nas palavras, nas atitudes, deixando de lado a altivez, é sempre o melhor caminho para toda e qualquer relação.

Não sou nem mais e nem menos, "sou o que sou" buscando sempre a minha melhor versão, sem competir, sem medir, porque quando se tem paz no lar, a vida fica mais plena, feliz, menos pesada. 

Um alerta importante, cuidado com as comparações da vida e do cotidiano dos outros, cuidado também para não ficar estagnada com o propósito de comparar o passado com o presente, porque a vida real é agora, e cada fase é única podendo ser boas em ambas as situações. O Futuro é agora, aceite, crie as boas novas que você deseja para o futuro com boas atitudes, com um coração grato, e seja feliz.


O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos. (Provérbio 17.22)

Somos o que espalhamos e por isso que tal espalhar amor, sorrisos, um coração alegre para esses que estão sempre ao nosso lado?

Antes de finalizar deixo um link com dicas bem bacanas, que achei interessante também, e complementa esse nosso bate-papo: https://www.soumae.org/como-cuidar-do-casamento-depois-dos-filhos/

Vamos cultivar com carinho e cuidado todos os relacionamentos, não só o externo, com amigos e superiores do trabalho, mas com os mais próximo também, que são esses que conhecem a gente profundamente, sem máscaras...

♥ ♥ ♥Rumo ao 50 anos de casados!♥ ♥ ♥
Beijos e até a próxima.
Ju.

4 comentários:

  1. Parabéns, Ju, pelo aniversário de casamento! E pela sabedoria cultivada na família. Beijo!! Re e Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Re.
      Bjs para vc e para a Laurinha...
      Ju

      Excluir
  2. Oi amiga.. primeiramente meus parabéns e toda a alegria do mundo... que venha os 50 como você falou...
    Eu concordo... não saberia viver de forma tão contraditória... acho que é preciso sim ter muitas coisas em comunhão para uma convivência mais leve, mais acertada, principalmente na educação...

    E mesmo tendo muitas coisas em comum, é importante lembrar como você falou que cada um traz uma vida diferente da outra, assim, precisamos necessariamente respeitar as diferenças para também prosseguir essa caminhada...

    Muitas felicidades Ju e Dani, que Deus os abençoe sempre... Parabéns amiga..

    Beijos

    Tê e Maria ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Te, muito obrigada, amém. Que venham os 50 anos de casada.
      Obrigada por suas palavras, visita ao blog.
      Toda caminhada tem suas pedras no caminhos, mas com boas companhias, criando um mundo de paz, acho que fica mais leve né...
      Bjs para vc e Maria.
      Ju

      Excluir