Estomatite e os principais cuidados que se deve ter.

Muitas coisas da vida, a gente só entende na prática, ou quando acontece com alguém próximo da gente...
Já tinha ouvido falar da estomatite, mas só entendi exatamente do problema, quando acontece aqui em casa...
Recentemente o Vitor pegou estomatite, e sofremos juntos, por alguns dias.

Mãe sofre junto, acredite...

Estomatite é uma inflamação na mucosa da boca, e refere-se a pequenas lesões e inflamações na boca, provocada por algum vírus, que acometem mais em crianças do que em adultos.

Por ser um vírus, pode ser transmitida facilmente para outras crianças e até adultos, por isso a criança ou adulto que estiver com estomatite, deve ficar de resguardo nos primeiros dias, ou até obter uma melhora das lesões da boca.
Pode demorar entre 7 a 10 dias para sarar, quando tomado os devido cuidados e orientações passadas pelo pediatra.

Essas pequenas lesões podem surgir por toda a boca, língua, céu da boca, garganta, dificultando a passagem de alimentos, por dores e ardência no local.

A estomatite pode ser facilmente confundida com sapinhos ou aftas, por isso, o diagnóstico correto com o pediatra da criança, é o mais indicado nessa hora.

Principais cuidados que se deve ter.

- Deixar a criança em casa, sem contato com outras crianças, para não transmitir o vírus.

- A criança pode apresentar febre, dores na boca, cansaço físico e irritabilidade, por isso o descanso e repouso em casa, auxilia na melhora da criança.

- A criança deseja comer, tem fome, mas a dor pode causar desconforto, não deixando a criança mastigar ou engolir os alimentos, e isso causa uma irritabilidade e o cansaço físico devido ao pouco alimento ingerido. Nesse caso, sopas, alimentos leves é o mais indicado.

- Deve evitar comida salgada, alimentos embutidos e condimentados, coisas salgadas como pipoca, salgadinho, temperos, e alimentos ácidos ou com acidez, como suco de laranja pêra, limão, abacaxi.

- Lave bem as mãos da criança, auxilie para não levar objetos sujos a boca, como brinquedos, chupetas que caem no chão.

- Seguir corretamente a orientação do pediatra, tomando a medicação necessária e passando os remédios que auxiliam no alívio da dor local.

A estomatite é um vírus, que pode ser transmitido por várias maneiras, e existem vários fatores que podem levar uma criança ou adulto a pegar a doença, porém o que mais me chamou a atenção foi a orientação passada pelo pediatra do meu filho.
Por favor, sempre siga as orientações do pediatra que você escolheu para seu filho ou filha, apenas vou compartilhar algo que acho de extrema relevância, e que se deve levar em consideração.

Sabemos que em caso de estomatite, os antibióticos não fazem efeito, correto?
Só que, existem um “porém” nessa história.
As lesões e inflamações causadas pela estomatite são portas abertas para o perigo, ou seja, por serem como feridas abertas estão suscetíveis a receber todo tipo de doença, como:
- Pegar uma meningite;
- Levar a criança a ter uma pneumonia, devido a uma infecção de garganta mal curada anteriormente, entre outras coisas...

Resumo da história, podemos dizer que é muito viável sim, quando indicado pelo pediatra do seu filho (a), fazer uso de antibiótico, não como cura da causa, mas sim como prevenção para entrada de outras doenças.

Mais uma vez eu reforço, procure o mais rápido possível o pediatra do seu filho (a), e siga as orientações passadas por ele (ou ela), porém, deixo aqui a dica de um pediatra na qual eu confio muito, e que tem mais de 30 anos de experiência e vivencia na profissão. Segundo o pediatra do meu filho, que já atendeu vários casos de crianças que desenvolveu um quadro de saúde muito crítico e grave, que iniciou após o aparecimento da estomatite, o ideal é usar o antibiótico como uma prevenção de doenças que podem surgir, e não como cura da estomatite.

Cada caso é um caso, mas quando se trata de saúde, todo cuidado e atenção são poucos.

Graças a Deus, e ao pediatra muito competente que confio, meu filho está bem, já voltou a comer normalmente, as dores passaram, e voltou a ser a criança alegre e falante de sempre...rs
E agora que tudo está bem por aqui, vamos curtir as férias, porque o ano letivo das crianças acabou e agora é só alegria, diversão e muita brincadeira...
Beijos e até a próxima.  

6 comentários:

  1. Jú o Miguel tbm teve a poucos dias foi um sofrimento segui tbm recomendações médicas mas um excelente remédio foi dos antigos a nistatina e mel rosado passou na hora rss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, tadinho do Miguel, muito sofrimento, né...
      Minha sogra também falou e recomendou esse remédio, é antigo mesmo e alivia...
      Beijos na família.
      Ju

      Excluir
  2. Oi amiga, que dozinha do Vitor. Imagino a dor que ele deve ter sentido com essa feridona na lingua...ai ai ai.. Uma afta boba já tira a gente do sério que é adulto, imagine essa ferida enorme para uma criança.

    As dicas foram super úteis. É bom mesmo termos uma referência pra saber se acontecer com nossos filhos. Alertar também que essa ferida é porta pra virus (pois é uma ferida) é muito importante também..

    Graças a Deus está tudo bem agora né? Pode acontecer com qualquer um, mas é bom saber os procedimentos corretos... Brinca bastante agora Vitinho!!! Beijos da tia Tê e d.Maricotinha ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Te.
      Graças a Deus passou, mas foram dias bem sofridos, por doe muito...
      Obrigada pelo carinho.
      Bjs
      Ju

      Excluir
  3. Boa noite

    Os meus dois filhos estão com estomatite o Davi começou com uma ferida nos lábios aí deu febre nele durante três dias e depois tinha umas crianças na creche com estomatite aí meu filho pegou aí o meu filho de 4 anos pegou uma ferida na boca aí eu já pensei que fosse também estomatite e pior que é estomatite e mais também ele tá com um pequeno caroço na garganta e muita dor pra tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia.

      Com um relato desse, é necessário levar as crianças urgente ao pediatra, para confirmação da hipótese de estomatite, e as devidas providências.
      Quando a criança tem estomatite, da febre mesmo, a criança quase não consegue comer, porque as feridas doi muito, e inclusive pode estender até a garanta mesmo...
      É necessário ficar afastado da escola, para recuperação completa da criança e para não passar para os amiguinhos, por passa...
      Não deixe de procurar um especialista urgente (pediatra).

      Abraços,
      Juliana.

      Excluir