Fotografia Literária – Igrejas. Mosteiro da Virgem – Petrópolis Rio de Janeiro.

Fotografia Literária – Igrejas. Mosteiro da Virgem – Petrópolis Rio de Janeiro.
Mosteiro da Virgem – Petrópolis Rio de Janeiro.

Simples e natural.

Sou como esse Mosteiro de Petrópolis, simples e natural, em meio à natureza...  Virgem de signo e alma, pois quando nascemos recebemos a oportunidade de recomeçar, porém uma boa parte desse começo depende de quem nos conduzirá...

Minha principal janela é essa de fronte, a do terceiro olho! Sutil sintonia de ver além dos véus, uma busca diária despertada através da jornada do amor!

Uma caminhada incansável por Deus, que precisa ser trilhada, observada e apurada por todos aqueles que passam por aqui... O amor, a paciência, a humildade são ingredientes que alimentam a Alma.

Minha fronte é simples, envelheço junto à natureza...

Meu objetivo não é atrair multidões que buscam fascínio por “grandeza e beleza”, mas sim estar atenta para aqueles que passam por aqui, em busca de preencher o vazio da existência!

*Essa postagem foi uma inspiração, baseada no convite da amiga Rosélia Bezerra, para “escolher e legendar” qualquer uma das fotos de sua postagem aquiAgradeço a querida Rosélia pelo convite, e por ceder a foto para compartilhar junto a minha inspiração, aqui no blog também.

Por: Juliana Pelizzari Rossini.


10 comentários:

  1. Bom dia de toda paz, querida amiga Ju!
    Estou emocionada, confesso.

    O Mosteiro representa muito em minha vida.
    As Irmãs são minha família não só espiritual.
    Sabe, Ju, ao longo da minha vida eu conheci muitos Mosteiros e pude me hospedar e desfrutar de Retiros espirituais de suma importância para meu equilíbrio e fé. Também fortifiquei o dom da oração de intercessão. Além, é claro, de me reestruturar após os baques que não cessam em meu viver. Alguns que jamais esperava viver.

    Em outra ordem de coisas, o Projeto Fotografia Literária, só pela sua postagem aqui, valeu demais.
    Os frutos são visíveis por tudo que aqui delineia com tanta perspicácia e sabedoria que lhe é peculiar.

    O amor, a paciência e a humildade, três grandes pilares para edificação do nosso ser.

    Atrair multidões ou "milhões de amigos" não me diz absolutamente nada também. Estamos em total sintonia.

    Cuidar exige afeto laboral e dedicação. Com multidão , não se dedica, se é superficial nas relações.

    O Mosteiro é fonte de paz, acolhimento e fraternidade.
    Há treze anos partilho coisas dos Mosteiros que frequento para edificar o próximo e inspirar o interesse. Também testemunhar onde alimento minha fé.
    Vou lhe enviar, por e-mail, alguns links, amiga. Com muito gosto. Vai ficar encantada na contemplação.
    Sou Oblata beneditina há quase trinta anos .

    É para o Mosteiro que envio o nome de muitos amigos virtuais e reais quando em suas necessidades.
    A oração contemplativa é o forte da Espiritualidade e me encontrei nela.

    Querida, muito obrigada por se dar a conhecer aos seus amigos do blog.

    Tenha dias abençoados e felizes!

    Beijinhos com carinho de gratidão e estima
    😘🕊️💙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P. S. Ju, na semana teve um acontecimento importante em meu Estado. Junto à segunda maior estátua do mundo de Buda, no Mosteiro Budista em Ibiraçu, ES, colocaram uma cruz também grande.para fomentar a união das grandes religiões. Achei incrível e já fui convidada a fazer um Retiro lá. Tem uma natureza exuberante num ambiente todo místico.

      Mais uma coisa muito importante no meu envolvimento com os Mosteiros Beneditinos: apesar de lá estarem envolvidos inúmeros beneméritos da elite, eles me receberam com minha simplicidade de vida, sem nenhuma acepção. Digno de louvor e menção.

      Mais uma vez, tem minha gratidão pelo post que revela sua essência tão linda.
      😘🕊️💙💐

      Excluir
    2. Bom dia Rosélia.
      Emocionante suas palavras, até chorei por compartilhar suas experiências nessa jornada da vida... E sou grata pelo carinho, atenção, por ceder a foto e um pouco dessa trajetória...
      Fiquei feliz em saber dessa novidade, ao lado do Mosteiro do Buda... Futuramente quando voltar ao local, compartilha conosco a vossa visão e experiência...
      Muito obrigada pelo comentário, por enriquecer a postagem.
      Beijos em vosso coração,
      Ju

      Excluir
  2. Juliana, adorei tuas palavras e participação inspirada lá no blog da Roselia.
    Acredito e gosto muito desse 3º olho que nos faz ver além! Adoro a simplicidade desse mosteiro e de todos que simples são. Falando nisso, quando moremos em Roma, Kiko me levou todo faceiro para ver o Museu do Vaticano. À medida que eu caminhava e via por lá, foi me dando uma gana persecutiva... Falei que sairia dali e nada me traria de volta! Pensei no desperdício daquele luxo sem tamanho, enquanto tantos nada têm. Acho só eu revelei isso. Todos adoram. DETESTEI!

    Foi lindo te ler! beijos às duas, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Chica.
      Agradeço de coração vosso comentário, que enobrece e complementa o post.
      Estou nessa transição interna, de ver e rever valores, e o que você comentou é algo que muitas outras tem percebido e observado também... Essa distorção d valores e mundo, onde poucos tem tudo e muitos nada tem em questão de mínimo de humanidade...
      Ouro de tolo passa a ser essa riqueza que nada acrescenta na vida da maioria...
      Muito obrigada por compartilhar sua experiência, muito obrigada por suas palavras.
      Beijos em vosso coração,
      Ju

      Excluir
  3. Que bonita sensibilidade e emoção externada Ju. Esta postagem em referencia ficou muito bonita mesmo. É tipo um reencontro com nossa fé, com nossos olhares de outrora para aquela imagem que nos tocou e ou chamou por uma lembrança. Natural e simples uma junção maravilhosa a se buscada continuamente, pois é grande amiga. Que esteja sempre apta a aproveitar estas possibilidades e oportunidades de externas seus sentimento como belamente aqui o fez.
    Feliz seja o fim de semana com paz e alegria na família.
    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Toninho, por sua atenção em cada postagem.
      Sou muito grata pelas visitas e carinhos de todos que passam por aqui, onde cada um deixa um pedacinho de si, da própria jornada, enriquecendo as postagens...
      Muito obrigada, bom final de semana, Deus abençoe a família.
      Abraços,
      Ju

      Excluir
  4. Boa tarde, Ju!

    Que linda inspiração.

    Se olharmos para o cenário atual de cegos, no sentido espiritual, parece impossível que vejam a lógica natural, simples, descomplicada que é viver com e através do amor sincero.

    Todavia, olhar para o Alto, para cima, para Ele é ver as estrelas e visualizar a extensão do milagre. Inclusive, infinitamente maior do que a nossa melhor expectativa.

    Suas experiências têem sido maravilhosas de ler, acompanhar e agradecer.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Rê.
      Agradeço as palavras, de coração...
      Verdade, olhar para alto... são caminhos de milagre, gratidão, uma fé que não é cega, mas que vive e confirma a vida a cada dia...
      Agradeço imensamente suas palavras, visita, carinho.
      Abraços fraternos,
      Ju

      Excluir