Ser luz no mundo.


Prepare o lenço, porque você vai chorar. Talvez não escorra lágrimas, mas por dentro sim, lá no seu coração, de alguma forma você vai ser tocada (o)...

Poesia de Anne Sexton.

CORAGEM
É nas pequenas coisas que o vemos.
O primeiro passo da criança,
tão incrível como um terremoto.
A primeira vez que você andou de bicicleta,
desequilibrando-se pela calçada.
A primeira surra, quando seu coração
saiu sozinho em viagem.
Quando o chamaram de bebê chorão
ou pobre ou gordo ou maluco,
e o tornaram um completo estranho,
você bebeu aquele ácido
e o ocultou.

Mais tarde,
se você enfrentou a morte das balas e bombas,
não o fez com um estandarte,
mas apenas com um chapéu para
cobrir seu coração.
Você não afagou sua fraqueza
embora ela estivesse ali.
Sua coragem era um carvão
que você continuou engolindo.
...
♥ ♥ ♥
Essa poesia da Anne Sexton foi publicada após sua morte em 1974. O livro foi publicado depois, The Awful Rowing Toward God (1975 - póstumo).

Essa poesia foi declamada durante o filme "O Mínimo para Viver", original da Netflix, e fiquei muito tocada e chocada com a poesia e fui logo fazer uma busca na internet.
Encontrei a poesia completa no blog do autor Rodrigo Madeira. Leia a poesia completa aqui: http://rodrigo-madeira.blogspot.com.br/2012/05/anne-sexton.html

O que diz nas pesquisas sobre a Anne, é que ela foi uma notável poetisa americana conhecida principalmente pela sua poesia de forte pendor confessional, através da qual abordou temas como a depressão de que padecia, entre outros assuntos...

Independentemente sobre as particularidades e vida de Anne, é uma poesia muito forte e muito viva, porque sim, essa poesia com certeza a representava e pode representar muitas outras pessoas...

E pensando sobre o assunto, sobre a poesia, veio a minha mente o que Deus nos ensinou: Vós sois o sal da terra e a luz do mundo. (Mateus 5.13-14)
É isso que desejo para mim e para você, que a gente possa "Ser luz", levar a luz ao próximo, principalmente aos que estão bem pertinho da gente, que são o nosso mundo... ♥ ♥ ♥
Por isso o título “Ser luz no mundo”, porque diante de uma poesia confessional assim, mais do que nunca precisamos reforçar e falar da palavra de Deus.

Porque essas palavras expressadas pela poesia, mostra claramente a dor e o sofrimento de uma mulher...

E sobre o filme (O Mínimo para Viver), recomendo muito assistir, apesar de a história ser entorno da anorexia, percebe-se que todo problema, ou quase todo, tem uma causa familiar oculta por trás, que precisa ser remexida para obter não somente cura corporal, mas também na alma...

Cuide de você, cuide com carinho daqueles que estão a sua volta, essa é com certeza a maior riqueza que você pode ter aqui na terra.
A poesia é triste, mas uma reflexão para a vida...
Beijos e até mais...

Ju

4 comentários:

  1. Ju,

    A depressão tem sido o mal do século. Muito triste, pois aparentemente a pessoa não tem nada, mas sente tudo. E, por vezes, não tem a fé necessária para acreditar na vida. Por isso, somos influenciadores do bem, ou pelo menos devemos ser. Pois o mundo precisa de pessoas que espalhem o bem. Já que o mal está cada vez adoecendo mais as pessoas.

    Preciosa reflexão, você nos traz.

    Beijos carinhosos!

    Re e Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita Re, aqui no blog.
      Sim, muitos sofrem e precisam desse acolhimento, de gestos de carinho, não é verdade...
      Um grande beijo para vcs,
      Ju

      Excluir
  2. Ai Ju... bem triste a poesia... e como precisamos de cuidados um dos outros.
    Faz bem ser cuidado e mais ainda cuidar.
    bjs, Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Cris, bem triste...
      Com certeza precisamos ficar mais atentos aos que estão ao nosso redor...
      Bjs
      Ju

      Excluir